Ir para conteúdo


Foto

Qual sua opinião sobre o uso de drogas?


  • Por favor, faça o login para responder
133 respostas neste tópico

#1 Kaleidoscope

Kaleidoscope
  • Membros do Fórum
  • 36 posts

Postado 30/01/2015 - 20:30:39

Sim é uma questão polêmica, mas qual sua visão disso? Sei que existem argumentos favoráveis a ambos os lados e a intenção é criar um ambiente de discussão sobre isso.

A verdade é que eu sou a favor da legalização assim como tabaco e cigarro, afinal se cigarro causa câncer e o álcool se for ingerido em grandes quantidades pode causar intoxicação alcoólica, qual o problema com as drogas? Eu não só acho isso, mas também que devia ter campanhas de conscientização por parte do governo federal quanto ao assunto, não dando medo na população e sim mostrando os malefícios e benefícios quanto a elas e deixando livre pra usar quem quiser. Eu mesmo cheiro e sei dos efeitos colaterais, mas a verdade é que aquilo também me deixa mais disposto para algumas tarefas e tudo mais. A maconha quando estou estressado serve como um ótimo remédio de calmante. Usar drogas não é totalmente ruim gente, é como qualquer outro remédio tarjado tem seus benefícios e efeitos colaterais, basta saber dosar.  



#2 Um cara

Um cara
  • Guests

Postado 30/01/2015 - 20:34:43

Eu só aprovo a maconha para usos medicinais mesmo. Não aprovo nem o cigarro, nem o álcool, que são duas drogas (no sentido literal, ráá). De resto, não aprovo nada.



#3 WendellBrando

WendellBrando
  • Membros do Fórum
  • 121 posts

Postado 30/01/2015 - 20:52:18

sobre drogas
Imagem Postada



#4 LightGay

LightGay
  • Membros do Fórum
  • 12 posts

Postado 30/01/2015 - 21:02:39

Os drogados são machistas e homofóbicos, não devemos aceitá-los na sociedade.



#5 Ace/Dodys

Ace/Dodys

    Confie em mim, eu sou liberado

  • Membros do Fórum
  • 261 posts

Postado 30/01/2015 - 21:13:45

Por questões culturais, o álcool não vai ser proibido nem regulado tão cedo.

 

Já o cigarro IMO está sendo aos poucos cortado, em parte porque a modinha já se foi há décadas e em parte pelos impostos absurdos que recebe. Não me admiro se em pouco tempo não houver contrabando de tabaco, ou se isso já não estiver acontecendo. Uma droga estúpida, que já vem sendo culturalmente desacreditada e apagada. Não acho que dure mais 20 ou 30 anos no mercado.

 

As drogas psicoativas que estão em pauta atualmente, começando pela maconha e indo à crack, coca, LSD e afins, por mim continuariam todas proibidas. O álcool causa indiretamente milhares de mortes no trânsito e em brigas. Se o resto das drogas fossem liberadas, isso poderia piorar muito. Tive a oportunidade de presenciar muitas pessoas sob o uso de drogas como maconha e cocaína (nunca experimentei nenhuma, e já me ofereceram várias vezes), e tudo que posso dizer é que é deplorável. Viram outras pessoas, sem a menor possibilidade de se conviver. Um argumento contra poderia ser a liberação do uso apenas em casa, mas eu gostaria de ver quem fiscalizaria e qual canetada seria capaz de impedir pessoas sob efeito de drogas de saírem por aí drogadas. Duvido, inclusive, que a maioria do povo brasileiro seja a favor de liberar substâncias com esses efeitos.



#6 EtyareWS

EtyareWS
  • Membros do Fórum
  • 107 posts

Postado 30/01/2015 - 21:14:23

Sou a favor, logo eu deixo esse forum existir



#7 Ambrose

Ambrose

    Loopholes...

  • Membros do Fórum
  • 1.805 posts
  • LocationFloripa

Postado 30/01/2015 - 21:18:28

Maconha eu acho que dava pra liberar. De resto deixa como tá.



#8 Escárnio Índigo

Escárnio Índigo
  • Membros do Fórum
  • 50 posts

Postado 30/01/2015 - 21:40:55

Desde que não me cause problemas que se danem as drogas e quem usa.

#9 B. Casais

B. Casais

    Fun is dead.

  • Membros do Fórum
  • 2.786 posts
  • Location...

Postado 30/01/2015 - 21:51:21

A única droga que por mim poderiam legalizar é Maconha, somente por fatores medicinais e nada além disso. O resto queria que sumissem da face da terra, já nem suporto de longe o cheiro de cigarro.

#10 Kaleidoscope

Kaleidoscope
  • Membros do Fórum
  • 36 posts

Postado 30/01/2015 - 22:51:37

Então me expliquem uma coisa: Na opinião de vocês até o álcool e cigarro deviam ser proibidos?



#11 Marighella the Echidna

Marighella the Echidna
  • Membros do Fórum
  • 96 posts

Postado 30/01/2015 - 22:55:10

Existe hoje em dia uma corrente de pensamento que diz; Nós devemos saber conviver com as diferenças, mas como absorver esta ideia se na escola nos ensinam a ter um pensamento padronizado? Será que o erro está no indivíduo preconceituoso ou no modelo de educação que lhe foi imposto? A melhora da sociedade sem dúvida passa pela escola.

 



#12 B. Casais

B. Casais

    Fun is dead.

  • Membros do Fórum
  • 2.786 posts
  • Location...

Postado 30/01/2015 - 23:19:47

O álcool até consigo deixar quieto, mas o cigarro não, por mim deveria sim ser proibido pois só ferra com a vida do usuário e só ajuda a poluir o ar.



#13 Ambrose

Ambrose

    Loopholes...

  • Membros do Fórum
  • 1.805 posts
  • LocationFloripa

Postado 30/01/2015 - 23:24:01

Pior que eu n posso falar de álcool (Galera do SZF Chat me conhece muito bem. E essa foto de perfil q to usando agora combina muito comigo). E teve uma vez que botaram LSD na minha bebida e deu umas merdas lá. E já dei uma tragada num beck uma vez. Nenhuma dessas vezes eu fiquei viciado nessas bostas. 

 

Se surgir um Nic me chamando de bêbado viciado em birita, que fique avisado: Bebo quando quero, e vão se foderem.



#14 HKº

HKº

    Mestre Grau 33 do Marighellismo Cultural

  • Administradores
  • 1.639 posts
  • LocationLondrina/PR

Postado 31/01/2015 - 08:37:24

O Proler é vida louca total. Eu sou completamente careta quanto às drogas. Sou pessoalmente contra e quero distância de pessoas usando ao meu lado. O álcool possui um efeito potencial negativo bem menor do que as demais drogas. Inclusive acredito em sua função terapêutica, do tipo, pretexto para reunir amigos para bater um papo e etc. As drogas também fazem isso, mas sei lá, o álcool possui ampla aceitação social, sabemos as consequencias de sua legalização na sociedade há milênios. Não tem porque se arriscar em liberar as drogas, que ainda não temos noção de como seriam as consequencias se fosse 100% liberado em todos os lugares.

 

Quanto ao cigarro, atualmente há uma campanha hipócrita de proibição, promovida pelos mesmos que defendem a legalização da maconha. O que está por trás são apenas interesses. Com a liberação no Uruguai, a FARC vem investindo pesado na América Latina pela legalização das drogas.



#15 DarkSonic

DarkSonic
  • Membros do Fórum
  • 83 posts

Postado 31/01/2015 - 12:22:19

Geralmente quem quer atenuar o problema das drogas para a sua liberação está advogando em causa própria. É recorrente da natureza corrimpida do homem querer justificar seus vícios. De todo o modo, uma das melhores opiniões sobre o assunto eu vou transcrever abaixo. Não há qualquer achismo, apenas uma abordagem legal com ponto de vista caucado em princípios sociais. Se for analisar, a opinião dele é bem liberal.

 

O verdadeiro problema da maconha

 

Escrito por Rafael Vitola Brodbeck

 

Não se proíbe, jurídica e moralmente, o consumo e a venda da maconha por mera questão de saúde. Se assim fosse, batatas fritas e tabaco também seriam impedidos, e todos os cidadãos compulsoriamente matriculados em academias de ginástica, em uma intervenção atroz do Estado na liberdade individual. É descabido que a tutela sobre a saúde física acabe destruindo a saúde da alma, que se expressa também pela sua livre vontade.

 

Aqui não postulamos que sejam proibidas pesquisas quanto à utilização terapêutica do referido entorpecente, uma vez que, em si, nada o diferencia, droga que é, de outras comercializadas em farmácias. Mas a maconha é proibida por lei e assim deve continuar porque seu uso recreativo afeta a mesma liberdade que defendemos.

 

Não são a dependência, o vício psicológico, a saúde individual, os vetores para a ação estatal. Já o uso da maconha e da cocaína, bem ao contrário das bebidas alcoólicas, do cigarro, do charuto, além de serem maléficos à saúde (como o cigarro e também o exagero na batata frita), levam a uma alteração comportamental relevante, e, nisso, são alvo de proibição legal.

 

Há de se distinguir entre o álcool, o tabaco, os medicamentos e as drogas no sentido popular. Essa diferenciação é adotada pela lei e guarda nítida influência da moral, presente em nossa sociedade por força da cultura cristã. É nela e na própria natureza das coisas que encontramos o caráter proibitivo aos entorpecentes, ao passo em que se autoriza o consumo de álcool e de tabaco e a ingestão de medicamentos.

É unânime que, no campo moral, haja diferença entre o consumo moderado de tabaco e de álcool, seu consumo excessivo, o uso de drogas, e o de medicamentos. O uso recreativo de drogas, no sentido popular, é proibido não pela lesividade individual, dado que, indubitavelmente, a nicotina (por exemplo) faz mal à saúde. A razão é a lesividade social. O usuário de maconha, com sua conduta, afeta toda a sociedade, diferentemente do uso moderado do álcool ou do consumo de cigarro.

 

Não se alegue, enfim, que o consumo abusivo de álcool combinado com outros comportamentos também tem lesividade social, pois, concordando com a premissa, o legislador já previu, no Código de Trânsito, por exemplo, um tipo penal para quem dirigir veículo automotor embriagado. O cigarro não traz nenhuma lesividade social. E mesmo o álcool, fora de determinadas situações, também não. Quando condutas associadas ao consumo de bebidas alcoólicas são criminalizadas, como dirigir um carro, não é a saúde de quem bebe que move o legislador a proibi-la. Ao Estado não cabe tornar crimes meras opções individuais. O crime é assim considerado porque representa um dano ou um perigo de dano à sociedade, aos demais, não a si mesmo. Do contrário, seria crime a tentativa de suicídio.

 

Descriminalizar o uso recreativo da maconha seria desconhecer a mudança mental que ela opera, bem como pouco caso dar à inexistência de mecanismos de controle social que existem em relação a tal comportamento.

 

Link: http://www.gazetadop...html?id=1439538



#16 Riddle Snowcraft

Riddle Snowcraft
  • Membros do Fórum
  • 95 posts

Postado 31/01/2015 - 12:41:39

Que texto grande só pra preencher linha. Era só falar "a saúde que se foda, a maconha é proibida pq o cara fica louco e vira criminoso", uma visão que eu vou ignorar o fato de ser preconceituosa (pois considera efeitos extremos de uso excessivo como rotina de quem faz uso casual) e me atentar ao fato que o cara simplesmente confirma indiretamente que maconha e álcool é praticamente a mesma coisa e que a lei é de fato hipócrita ao proibir que certas atividades sejam impedidas sob estado de embriaguez enquanto a maconha é impedida de forma geral e discriminatória por medo do mesmo tipo de efeito. Isso se resolve com um simples "não dirija sob efeito da maconha". E ainda mete um cristianismo no meio só de praxe.

 

Isso sem falar desse trecho:

"Já o uso de maconha e cocaína, bem ao contrário das bebidas alcoólicas, [...] levam a uma alteração comportamental relevante"

 

Pra mim é tipo o cara que adora dar uma bebidinha na cervejinha com os amigos socialmente e sabe que, se for pra esperar alguma igualdade da lei atual, no mínimo vão proibir os dois elementos (álcool e maconha) do que liberar os dois, e por isso fica defensivo aí.



#17 Riddle Snowcraft

Riddle Snowcraft
  • Membros do Fórum
  • 95 posts

Postado 31/01/2015 - 12:49:09

Tem que proibir nada, nego tem que fumar o que quiser

 

se ele quiser enrolar uma capinha de controle remoto num chá de dvd triturado, escolha dele



#18 Riddle Snowcraft

Riddle Snowcraft
  • Membros do Fórum
  • 95 posts

Postado 31/01/2015 - 12:53:32

Enfim, pra oposição conservadora

 



#19 só Ray mesmo

só Ray mesmo
  • Membros do Fórum
  • 843 posts

Postado 31/01/2015 - 21:17:39

Creio ser a segunda vez que leio o texto que o DS acabou de citar, então duvido que tenha havido alguma parte que eu não tenha entendido. O autor do texto diz que o motivo para se proibir a maconha não é oriunda dos problemas que ela causa ao indivíduo, mas sim dos problemas que ela causa ao coletivo. Entretanto, ele não cita quais problemas são esses, deixando vaga a suposta ameaça que a maconha proporciona à sociedade. O texto é inconclusivo (pois obviamente não se expande na parte dos malefícios da maconha), em nada contribui à discussão e não é um argumento válido por conta de sua vagueza, apesar de poder se tornar um caso seja reparado posteriormente pelo autor

 

Minha opinião é: Não tenho (aplausos). Desconheço os efeitos da maconha, então não posso nem advogar por ela e nem ir contra. Eu me limito a ler os argumentos a favor e contra e tento avaliá-los como válidos ou não (estes critérios são objetivos). Quanto às outras drogas, que continuem proibidas, pois é mais que óbvio que fazem mal ao coletivo e não apenas ao indivíduo.

 

Já que estamos falando do uso de drogas em geral, sou a favor da proibição do cigarro em estabelecimentos fechados. Fumantes passivos são mais afetados pela nicotina que fumantes ativos, e é impossível que se evite de respirar fumaça dentro de um estabelecimento fechado. Logo, para que os fumantes ativos não coloquem a saúde dos outros em risco, estes devem ser proibidos de fumar em estabelecimentos fechados.



#20 NiGHTS-R3

NiGHTS-R3
  • Membros do Fórum
  • 198 posts
  • LocationNightopia

Postado 31/01/2015 - 21:21:29

A droga destrói o cérebro de uma pessoa mais rápido do que o cigarro. Não aprovo. Eu tenho um irmão que é viciado em drogas e eu sei bem a luta que meu pai está passando.



#21 só Ray mesmo

só Ray mesmo
  • Membros do Fórum
  • 843 posts

Postado 31/01/2015 - 21:29:16

O problema de proibir drogas que fazem mal apenas ao indivíduo está em querer proibir as más influências da sociedade, agindo como uma espécie de Estado babá que orienta o indivíduo, supondo que este é incapaz de agir por conta própria e andar com os próprios pés. Creio que as pessoas devem fazer o que bem entenderem consigo mesmas, contanto que não firam os outros de alguma forma. A lógica que proíbe o tabaco ou a maconha é a mesma que daria autoridade ao Estado de proibir o consumo de Coca-Cola ou batatas fritas (são más influências que afetam apenas o indivíduo que consome).

 

Por mim nenhuma droga seria permitida, pois abomino o cigarro e as outras drogas que são ainda mais fortes. Jamais fumarei por ter consciência de minha própria saúde e saber que me tornarei vítima de meus próprios vícios. Mas quem sou eu para negar um indivíduo adulto a liberdade de escolher o que ele quer para sua vida, contanto que não fira a sociedade?

 

 

Com a liberação no Uruguai, a FARC vem investindo pesado na América Latina pela legalização das drogas.

No que a liberação das drogas ajudaria as FARCs? Se alguém pode adquirir a droga em uma farmácia aleatória (por um preço menor, pois seria uma mercadoria abundante e não restrita aos narcotraficantes) ao invés de ir ao mercado negro, mais prejuízo às narcotraficantes terroristas. Lembro-me de uma pesquisa em que o número de usuários de drogas diminuiu após a liberação destas, mas não me recordo do link (talvez o Dozer lembre porque foi ele quem postou, posso ver com ele). Sem falar que prender maconheiros, que em nada ameaçam a sociedade, apenas lota as cadeias desnecessariamente, e as nossas cadeias já estão superlotadas (prefiro reservar espaço para estupradores e assassinos que hippongas fumadores de erva).



#22 HKº

HKº

    Mestre Grau 33 do Marighellismo Cultural

  • Administradores
  • 1.639 posts
  • LocationLondrina/PR

Postado 31/01/2015 - 21:47:14

No que a liberação das drogas ajudaria as FARCs? 

 

Não to a fim de discutir isso porque não vou ficar rico discutindo isso :D



#23 Riddle Snowcraft

Riddle Snowcraft
  • Membros do Fórum
  • 95 posts

Postado 31/01/2015 - 21:50:03

Pior que eu concordo palavra por palavra com o Ray.



#24 só Ray mesmo

só Ray mesmo
  • Membros do Fórum
  • 843 posts

Postado 31/01/2015 - 21:53:10

Não to a fim de discutir isso porque não vou ficar rico discutindo isso :D

Nem eu lol, faço isso por diversão + treino mesmo. Imagino discussões como batalhas de anime e argumentos como golpes bizarros de shounens.

 

Espero que esse tópico dê em uma discussão saudável.

 

Pior que eu concordo palavra por palavra com o Ray.

Ok, agora tenho certeza de que falei besteira.



#25 Facist Anarchy

Facist Anarchy
  • Membros do Fórum
  • 862 posts

Postado 31/01/2015 - 22:45:27

Acho que somente as drogas mais leves poderiam ser permitidas, porém com um certo controle, tentar limitar o cara de pegar tanto do material pra esse tipo de favor. E com mais leve, quero dizer com efeitos menos graves, que não sejam tanta coisa assim, e que não afetem tanto a orientação do individuo.

 

Porém não posso falar muito já que nunca (e nem pretendo) experimentei drogas, eu não tenho vontade de ver unicórnios.



#26 Foca das Marotagens

Foca das Marotagens
  • Membros do Fórum
  • 61 posts

Postado 01/02/2015 - 15:38:49

Fuma fuma fuma, folha de bananeira, fuma na boa, só de brincadeira...



#27 Xand

Xand
  • Membros do Fórum
  • 698 posts

Postado 01/02/2015 - 17:07:42

Eu acho não, é isso que eu acho... não.



#28 Senator Kermit

Senator Kermit

    PHD em shipping

  • Membros do Fórum
  • 1.660 posts
  • LocationBrasil

Postado 05/02/2015 - 03:40:17

[color=#ee82ee;]Eu só tenho algo a adicionar que é relevante:[/color]

Imagem Postada

[color=#ee82ee;]Bom dia.[/color]

 



#29 DragonSky

DragonSky
  • Membros do Fórum
  • 57 posts

Postado 06/02/2015 - 18:26:57

Acho que somente as drogas mais leves poderiam ser permitidas, porém com um certo controle, tentar limitar o cara de pegar tanto do material pra esse tipo de favor. E com mais leve, quero dizer com efeitos menos graves, que não sejam tanta coisa assim, e que não afetem tanto a orientação do individuo.

 

Porém não posso falar muito já que nunca (e nem pretendo) experimentei drogas, eu não tenho vontade de ver unicórnios.

Ai vc entra em contradição de dentro do seu coração :DSe liberar alguma coisa... Ou libera tudo ou proíbe de vez... 



#30 só Ray mesmo

só Ray mesmo
  • Membros do Fórum
  • 843 posts

Postado 06/02/2015 - 20:39:29

Se liberar alguma coisa... Ou libera tudo ou proíbe de vez... 

 

Na verdade, não. Dizer que ao liberarmos a maconha vamos acabar liberando a cocaína é cair no uso da falácia do declive escorregadio. É perfeitamente possível liberarmos a maconha, mas não liberarmos a cocaína.






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos