SONIC THE HEDGEHOG 4: EPISODE II

Falhas Técnicas (Bugs)  Dicas e Códigos Secretos  Sonic em Outros Games  Detonados  Resumo dos Jogos Previews Personagens Manuais de Instrução Página Inicial

  Continuação do tão controverso e polêmico Sonic 4, o Episódio II vem para tentar mostrar que a Sega ainda sabe como fazer Sonic à moda antiga. Com vários aprimoramentos em relação ao episódio I, este episódio vem com grandes novidades. A história em si já começa como se fosse a continuação do Sonic CD: o retorno do Little Planet, Metal Sonic, a Death Egg e também do Tails, que volta para ajudar o Sonic em sua aventura. Infelizmente as partes baseadas no Sonic CD param por aí, pois infelizmente as Time Stone e viagens no tempo não voltaram junto do planeta, mas quem sabe no episódio 3? A jogabilidade é semelhante ao Sonic Advance 3, onde você tem o Tails sempre te acompanhando, semelhante ao que ele fazia na era genesis, e você pode executar alguns movimentos combinados para passar em alguma partes específicas do jogo. Sonic 4 Episode II atendeu aos anseios dos gamers de PC e foi também lançado para PC, via download. Aliás, o game, assim como o primeiro episódio, é exclusivamente disponibilizado via download. Junto do Episode II, foi lançado o Episode I para PC. Este review serve a todas as versões do game, que foi lançado para PS3, XBOX 360, Android, iOS e PC. Não foi lançado para Wii.
Enredo (conforme site oficial)

  A feroz batalha do Episódio I foi apenas uma abertura...
  O que o Dr. Eggman procurava na Lost Labyrinth?
  Para que a Mad Gear foi construída?
  Elas eram apenas meras peças do quebra-cabeça do grandioso projeto feito pelo Dr. Eggman.
  Enquanto o Little Planet, onde o Sonic CD se passou, reaproxima o mundo do Sonic mais uma vez, todo o esquema do Dr. Eggman será revelado!

Novidades

  Sonic 4 Episode II não apresenta muitas diferenças em relação ao primeiro episódio. Na realidade, até mesmo pelo seu conceito ser um episódio adicional ao que ao final será o Sonic 4 (um game composto de episódios), a única diferença mesmo parece ser as novas fases e agora o fato de que o Tails foi incluído como personagem coadjuvante (e jogável no modo Multiplayer).

  O padrão gráfico continua o mesmo do primeiro episódio, porém melhorado. Evidentemente que sendo um game de plataforma 2D para sistemas modernos, pode-se caprichar no background e nos elementos interativos nas fases, o que há muito em Sonic 4 Episódio II. Isso faz com que o game tenha a impressão dos clássicos, com um maior desenvolvimento gráfico e elementos interativos.

  Quanto à jogabilidade, a engine foi melhorada em relação ao Episódio I e está bem mais fluída, mas o "Spider Sonic" continua. O spider Sonic é o apelido dado pelos fãs em relação ao bug do Episódio I, em que o Sonic consegue ficar praticamente parado na vertical. Outra falha de engine que não foi corrigida é a lentidão do SpinDash. Ao contrário dos clássicos, em que você aperta, aperta, aperta e aperta e o Sonic sai com tudo, em Sonic 4 Episode II, o Sonic sai na mesma velocidade, lento...

  A interação entre o Sonic e o Tails, como já referida, ficou bem feita. Ao contrário da era genesis, no qual se você estivesse jogando sozinho, era necessário pegar o controle 2 para o Tails carregar o Sonic, agora é possível fazer tudo com um controle apenas.

  Quanto ao som, houve uma melhoria significativa em relação à trilha sonora fraca de Sonic 4 Episódio I, que foi talvez uma das piores da série. Porém o estilo das músicas é o mesmo, de modo que continua em um nível duvidoso, nem de longe se comparando às trilhas inesquecíveis de outros games do Sonic.

  Por fim, apesar dos problemas da engine e à fraca trilha sonora, o jogo possui fator replay, ou seja, ele lhe estimula a jogar mais após ser zerado (como por exemplo voltar para coletar todas as Red Rings ou colecionar os troféus).

  Faz falta no game algum extra, algo que vem sendo tendência nos games do Sonic (e games modernos) desde Sonic Advance. O game, assim como o Sonic 4 Episódio I, não traz nenhum extra desbloqueável. Talvez o Episódio Metal, que não passa de um remake de 4 fases do Episódio I.

  Como no Episódio I, cada ato de uma zona tem uma ambientação diferente, porém no Episódio II, eles levaram isso a um novo patamar, agora não somente muda o ambiente ou a hora do dia, mas também o tema da fase muda e muito, um bom exemplo disso é a White Park Zone, onde você começa em uma imensidão de gelo, depois passa para uma enorme montanha russa onde nem existe gelo e depois vai para uma seqüência de cavernas submersas e com muita neve no caminho.

  Quanto ao mais, Sonic 4 Episode II mantém a proposta de resgate da trilogia clássica, trazendo todos os elementos conhecidos da série Sonic: os monitores de itens, badniks, loopings, postes de estrela para salvar a fase temporariamente, Special Stage (coletado da mesma maneira que no episódio anterior e, portanto, igual ao Sonic 1 do Mega: 50 anéis após terminar cada ato) e etc. A tela do jogo é a mesma do anterior, trazendo apenas o contador de vidas, anéis, pontuação e tempo.

 
Personagens (descrição retirada do site oficial)

 Sonic the Hedgehog:

  Alguns meses se passaram desde a batalha do Episódio I.
  Porém, o seu descanso chegou ao fim assim que o Little Planet se reaproximava.
  Sonic descobre que o Dr. Eggman está de volta à ação no continente vizinho. Ele sai a bordo do Tornado para investigar o continente, junto de seu parceiro, Tails...

 Miles "Tails" Prower:

  Parceiro, tipo-irmão, do Sonic, que desenvolveu o foguete para ir a E.G.G. Station e estava secretamente dando suporte para o Sonic no Episódio I. No episódio II ele volta ao centro das atenções como um ajudante mais ativo e que o Sonic confia. Ele pode voar girando suas duas caudas e vai ajudar o Sonic com os Combos no Episódio II.

 Metal Sonic:

  Um grande oponente que pensava-se ter sido destruído durante a batalha da Stardust Speedway em Sonic CD. Ele está de fato muito danificado e foi deixado sozinho no Little Planet. Agora, enquanto o Little Planet se reaproxima, e com o suporte de perto do Dr. Eggman, Metal Sonic é ressuscitado e está de volta com força total.

 Dr. Eggman:

  Sua E.G.G Station foi destruída no Episódio I. Contudo, conforme o Little Planet se reaproxima, o grande projeto feito pelo Dr. Eggman passa agora para o segundo estágio, sob um véu de sigilo.

   
Habilidades e combos (tag actions)

Spin Jump: o pulo clássico do ouriço. Enquanto estiver pulando e acertar algum inimigo ou algum objeto destrutível, você o destruirá. Para executá-la aperte o botão de pulo enquanto estiver no chão.

Spin Attack: quando Sonic estiver com velocidade, aperte para baixo e ele rolará pelo chão destruindo inimigos e obstáculos. Para executá-la segure para baixo enquanto corre.

SpinDash: com esta habilidade você consegue muito mais velocidade para fazer subidas e acertar inimigos. A utilidade do SpinDash parece ter sido mudada quando comparamos com sua versão clássica, pois você não consegue mais pegar grande velocidade com ela, então ela acaba servindo apenas para ganhar um pouco de velocidade de forma rápida e destruir inimigos/obstáculos a curto alcance, porém uma combinação do SpinDash com o Homing Attack sem alvo gera uma grande velocidade. Para executá-la basta segurar para baixo enquanto está parado e começar a apertar o botão de pulo várias vezes.

Homing Attack: o bom e velho ataque aéreo do ouriço e que muitos o odeiam por estar nesse jogo. Com esta habilidade o Sonic irá de encontro direto com um inimigo ou outros vários objetos do jogo. Excelente para acertar alvos com precisão, especialmente badniks no ar e molas. Se você tentar usar esta habilidade sem ter um alvo definido, o Sonic dará um impulso no ar para frente, ótimo para ganhar mais distância. O Homing Attack chega a ser muito melhor que o SpinDash para ganhar impulso, basta usá-lo rapidamente em seqüência sem ter um alvo e o Sonic alcançará uma grande velocidade. Para executá-la basta apertar o botão de pulo enquanto estiver no ar e/ou quando uma mira aparecer em algo.

Rolling Combo: versão "super" do SpinDash. Sonic e Tails se unem para criar uma verdadeira bola de demolição que se move a uma velocidade incrível, destruindo o que estiver pela frente. Cada vez que baterem em uma parede, eles perdem velocidade e se baterem 3 vezes, o combo se encerra. Obrigatório em certar partes para quebrar paredes, para começar ou parar esta habilidade, basta apertar o botão de tag action enquanto estiver no chão.

Copter Combo: a saudosa, e salvadora de vidas, carona aérea dos velhos tempos está de volta, permitindo que o Sonic alcance locais antes inacessíveis e evite quedas em precipícios. Você pode forçar o vôo apertando o botão de pulo repetidamente e fazendo o Tails subir, mas isso fará com que ele se canse rapidamente e comece a cair, porém, se você não forçar o vôo, nossos heróis irão planar suavemente até chegarem ao solo, nesse caso, sem limite de tempo. Obrigatório para passar por enormes precipícios, basta apertar o botão de tag action enquanto estiver no ar.

Swim Combo: cansado de correr na água? Peça uma forcinha à raposa. Nesta combinação, Tails nada carregando o Sonic para qualquer direção que você queira. Sem limite de tempo, você pode facilmente atingir as partes altas da tela que estão submersas e até mesmo sair da água. Se você nadar para fora da água, Tails começará a voar imediatamente entrando no Flying Combo, e vice-versa, porém sempre que Tails sai da água, ele renova seu fôlego para voar, portanto use isso a seu favor. Para executar esta habilidade, basta apertar o botão de tag action enquanto enquanto estiver "no ar" dentro da água e aperte repetidamente o botão de pulo para dar impulso.

   
Itens
 Super Ring: dá 10 anéis extras.
 Shield: protege o Sonic por um ataque, ou seja, se você for atingido por algo enquanto está com o escudo, você perderá o escudo ao invés dos anéis ou uma vida.

 Power Sneakers: aumenta a velocidade do Sonic por 20 segundos.

 Invencibility: torna o Sonic invulnerável por 20 segundos. Se você tocar em inimigos enquanto estiver sobre este efeito, você os destruirá, porém esta invencibilidade não o protege de esmagamentos, afogamentos e quedas em abismos.

 1-Up: garante uma vida extra.

 Combo Attack: item novo do Episódio II. Ele faz com que Sonic e Tails ataquem todos os inimigos da tela. Pressione o botão de pulo repetidamente o mais rápido que puder para que no final do ataque, você seja recompensado com pontos e anéis de acordo com a sua performance.

 Red Star Ring: parte itinerante dos jogos atuais do Sonic. Você encontrará um destes em cada ato de cada zona. Infelizmente nesse jogo, eles servem apenas para destravar um Achievement, sem liberar nenhum extra.

   
World Map

  Assim como no Episódio I, você dispõe de um mapa contendo as fases acessíveis para facilitar a sua seleção. Após selecionar alguma fase, outro menu aparecerá por cima para que você escolha qual ato deseja jogar e se quer ir no modo Score Attack ou Time Attack. Neste novo menu você pode mudar a zona livremente. Conforme você for avançando no jogo, as novas zonas vão sendo destravadas e adicionadas ao mapa.

 
Zonas

 Sylvania Castle Zone: é onde nossa aventura começa. Esta zona lembra bastante a Aquatic Ruins do Sonic the Hedgehog 2 com uma pitada de Marble Garden do Sonic the Hedgehog 3, mesmo com a Sega falando que é difícil criar novos estilos de fases sem que se compare com os antigos, essa comparação é inevitável. Zona bem simples onde você pode pegar o básico do jogo e se acostumar com ele. O mais estranho é a presença de água logo na primeira fase do jogo, algo não comum nos jogos do Sonic.

 Boss: Egg Serpentleaf. Um chefe bem básico para começar o jogo. Eggman começa dando uma trollada de leve levantando dois totens idênticos aos usados no chefe da Aquatic Ruins, então tentáculos saem do chão e Eggman aparece no meio de um tipo de flor mecânica, destruindo os totens. Seus ataques são feitos com os tentáculos que batem no chão, além de lasers disparados. Para derrotar o chefe, basta ficar usando o Copter Combo e pulando na cabeça do Eggman.

 White Park Zone: outra bela mistura de temas, aqui percebemos a Ice Cap Zone com Carnival Night Zone, ambas do Sonic the Hedgehog 3. Trata-se de um parque de diversões desértico no meio do inverno com cavernas de gelo inundadas. Prepare-se para correr de avalanches, fazer snowboarding nelas, correr por montanhas russas enquanto é jogado de um plano ao outro da tela, e mergulhar nas águas gélidas das cavernas congeladas.

 Boss: Metal Sonic. Hora de reenfrentar um velho rival que até então todos achavam estar destruído. Este chefe é em formato de corrida, ou seja, você está sempre correndo para direita desviando dos seus ataques. Existem dois caminhos possíveis, um em cada plano da tela, para mudar basta atingir a mola no chão e você será jogado ao plano oposto, isso é muito útil para desviar de alguns ataque do Metal Sonic, mas cuidado, pois ele também pode mudar de caminho. Seus ataques consistem em ir quicando em sua direção, lançar muros de eletricidade e quebrar o chão para derrubar o Sonic pra fora do cenário.

 Oil Desert Zone: impossível não comparar esta zona com a Oil Ocean Zone do Sonic the Hedgehog 2 com várias pitadas de Sandopolis Zone do Sonic & Knuckles. Escorregue pelo óleo enquanto luta contra tempestades de areia que atrasam seu progresso, tudo isso em meio a areias movediças ou de armadilhas onde a areia sobe na tentativa de lhe esmagar. Esta refinaria em meio a um deserto tem grandes desafios e badniks que conseguem lhe acertar em cheio, além de ventos fortes que lhe empurram para precipícios.

 Boss: Egg Scrap Mech. Eggman usa uma pilha de sucata para criar um robô gigante. Inicialmente, ele ficará batendo nas paredes derrubando containers, desvie deles e vá subindo junto com eles. Tente ficar o mais alto possível para assim que o Eggman aparecer, acertá-lo na cabeça. Conforme vocês vão subindo, containers com espinhos e bombas começam a aparecer. Depois de acertar o vilão várias vezes, ele irá para a parte de fora onde ficará pulando de um lado ao outro. Aqui você deve usar o Rolling Combo para atingir a parte da frente de seu pé para que Eggman fique exposto.

 Sky Fortress Zone: mistura de Sky Chase e Wing Fortress do Sonic the Hedgehog 2 com a Flying Battery do Sonic & Knuckles. Comece perseguindo Eggman quando de repente, Metal Sonic aparece para tentar lhe parar enquanto a enorme fortaleza voadora de Eggman aparece. Voe com o Tornado em meio a mísseis e inimigos usando o tornado para executar ataques poderosos para destruir obstáculos, depois comece a procurar Eggman em meio a grandes hélices e precipícios, por fim, explore as partes mais internas e perigosas da fortaleza.

 Boss: Metal Carrier. Sonic e Tails voltam para o Tornado depois de revirar toda a fortaleza e então Metal Sonic aparece para o combate. Inicialmente, ele ficará na parte de cima da tela disparando os lasers em você, desvie e acerte-o na frente da nave. Depois de apanhar um pouco, ele muda de estratégia e começa a voar em frente ao tornado enquanto atira com os lasers e solta Badniks. Depois de mais alguns ataque, ele tentará fugir enquanto vários mísseis são disparados em você, desvie deles enquanto avança e use o Tag Action para atingir o Metal Sonic pela última vez.

 Death Egg Mk. II Zone: a verdadeira arma de Eggman, uma estação espacial planetária construída ao redor do Little Planet, deixando-o muito maior que a sua versão original. Desafie a gravidade (e a câmera), nesta recriação da Death Egg do Sonic & Knuckles cheia de armadilhas. Tenha reflexos de um verdadeiro super ouriço para tentar cortar caminho enquanto é arremessado de um lado ao outro e prepare-se para enfrentar novamente a cópia metálica do Sonic.

 Bosses: O ato 1 desta zona possui 2 sub-chefes (Metal Sonic and Eggmobile / Metal Sonic race), enquanto que o ato 2 apenas 1 chefe (Egg Heart).

 Metal Sonic and Eggmobile: Eggman e Metal Sonic aprendem uma valiosa lição e decidem lutar juntos contra Sonic e Tails. Sua missão aqui é derrotar o Metal Sonic, pois Eggman serve apenas como obstáculo e não pode levar dano. Metal Sonic ficará carregando enormes bolas de energia e as joga contra você enquanto Eggman sobe para não ser atingido, é neste momento que você deve avançar e atingir o ouriço metálico quando a energia em volta dele acabar.

 Metal Sonic race: novamente a Sega tenta recriar a corrida que se originou no Sonic CD, porém novamente sem grande sucesso. Desta vez Metal Sonic não usará nenhum truque para tentar parar o Sonic, apenas velocidade pura, então apenas as paredes que se fecham no caminho são suas inimigos. Infelizmente essa corrida se prova extremamente fácil se você usar o Rolling Combo, pois a velocidade que Sonic e Tails atingem não é páreo para o Metal Sonic.

 Egg Heart: hora da batalha final e ela não será fácil. Eggman está situado no meio de três anéis grandes que se tocam em uma determinada parte e ficam girando o tempo todo. Sua missão aqui é correr pelos anéis, passando de um ao outro, até atingir Eggman no centro. Conforme você vai acertando ele, eletricidade começa a passar nos anéis servindo como obstáculo. Depois de mais alguns ataques, algumas partes dos anéis se quebram dificultando sua passagem e o Eggman se fecha em um campo de força que você precisará usar o Rolling Combo para quebrar. Você deve ser rápido neste chefe, pois se você demorar muito para atingir o Eggman, ele irá criar buracos negros que jogam Sonic contra a parede resultando em uma vida a menos. É possível usar o Super Sonic no chefe final. Recomenda-se "guardar" os anéis para usar somente no trecho final (a partir da metade do Egg Heart).

   
Special Stage

  Assim como o Estágio Especial do Episódio I se baseava no do Sonic the Hedgehog, o do Episódio II se baseia no do Sonic the Hedgehog 2. Você percorre por um semi tubo e sua missão é coletar a quantia de anéis exigida no começo de cada seção para poder passar para próxima até chegar na Esmeralda do Caos, enquanto desvia de minas que o fazem perder anéis. Felizmente, não há tempo limite, apesar de existir um contador de tempo, ele serve apenas para o caso de um Time Attack. Assim como na versão original, uma segundo jogador pode controlar o Tails, caso contrário, ele seguirá os comandos do Sonic. É possível "induzir" o Tails, usando-se rapidamente o direcional, para que o Tails imite o movimento do Sonic e colete novos anéis.

  Esta versão, contudo, traz novidades em relação a sua versão original, como os Dash Panels que lhe impulsionam para frente fazendo-o pegar todos os anéis no caminho de graça, molas que arremessam o Sonic para uma sessão nova e as vezes com mais anéis, o power-up de 10 anéis, um power-up que cria uma corda de energia entre o Sonic e o Tails, e que serve para coletar anéis que passam por ela. Diferente, também, da versão original, algumas partes dos estágios formam um tubo completo, permitindo que você corra pelo teto e paredes, porém para fazê-lo você deve acelerar o personagem segurando o botão de tag action e então você conseguirá fazer uma volta completa.

  Outra novidade é que você pode fazer Time Attacks nos Estágios Especiais e isso os torna muito mais desafiadores, pois algumas partes se tornam muito difíceis se decidir correr o tempo todo.  Para a felicidade de muitos, o Tails é muito mais sensível aos seus comandos. Ainda é possível usá-lo para aumentar sua área de coleta de anéis, mas ele pulará no mesmo instante que você, tornando assim mais fácil de controlá-lo e evitar perder anéis, além do fato de que se estiver jogando sozinho, Tails não perderá anéis caso atinja uma mina.

 
Extras

  O único extra real do Episódio II é o Super Sonic. Existe também o Episódio Metal, mas ele requer o Episódio I. Após coletar todas as 7 Esmeraldas do Caos, pegue 50 anéis em qualquer fase e aperte o botão de Super Sonic para se transformar no lendário ouriço dourado. Como de costume, ele é imune a praticamente tudo, menos ser esmagado e cair em precipícios (e como no episódio anterior, continua com fôlego ilimitado na água).

  Sua jogabilidade se mantém a mesma do Episódio I, porém com uma grande vantagem (ou desvantagem, dependendo do ponto de vista), que é a de você poder se "destransformar" a hora que quiser apertando o botão de tag action. Suas habilidades continuam a mesma, invulnerabilidade, super pulo e super velocidade.

  É possível usar o Super Sonic contra todos os chefes do jogo e a grande vantagem disso é que cada ataque feito pelo super ouriço vale por 2. Como sempre, para se manter transformado você consome 1 anel por segundo e se ficar sem anéis, perde a transformação.

 
Episódio Metal

  O Episódio Metal é um extra adicionado Sonic 4 Episódio II, que é desbloqueado automaticamente se o usuário tiver também instalado o Sonic 4 Episódio I. Funciona mais ou menos assim: a primeira vez que o usuário acessar o menu Single Player do Sonic 4 Episódio II, será liberado o Episódio Metal, que pode ser acessado alternando a tela de mapa para a esquerda (variando o botão conforme a plataforma). Na versão de PC, muitos usuários relataram ter conseguido desbloquear o Episódio Metal mesmo sem ter baixado o Episódio I.

  O Metal Sonic não tem nenhuma habilidade nova em relação ao Sonic, valendo as mesmíssimas habilidades. As fases não são difíceis, sendo relativamente simples e são praticamente idênticas às de Sonic 4 Episódio I (ex: o Ato 4 é exatamente uma cópia da Splash Hill Zone de Sonic 4 Episódio I). O Episódio vale apenas a título de curiosidade, pois no fundo no fundo, é como se o sprite do Sonic tivesse sido trocado pelo Metal Sonic. Quanto ao mais, valem todos os demais elementos de Sonic 4, com a diferença que os monitores de Speed Shoes e de Vida Extra são trocados, respectivamente, pelo sapato e pelo ícone de Metal Sonic.

  Por ser um extra, não há propriamente um enredo para o Episódio Metal, pois este nem de longe pode chegar a ser considerado um game próprio, muito embora alguns sites, como a Sonic Wikia o classifiquem como um game próprio. Entretanto, a sua razão é para justificar a presença do Metal Sonic no Sonic 4 Episódio II. Para isso, o Episódio começa com uma cutscene que se situa no Little Planet, na Speed Speedway Ato 3, entretanto desenhada conforme Sonic Generations. Metal Sonic é derrotado por Sonic na corrida épica e Dr. Eggman revive o robô e ordena que ele se dirija até o planeta onde Sonic vive e destrua o ouriço. Metal Sonic então começa uma caçada para localizar o nosso ouriço e para isso percorre por todos os cenários por onde Sonic passou no Episódio I para ir se fortalecendo. Ao final, Metal Sonic pega uma carona de gaiato no foguete de Tails e se dirige contra Sonic e Tails.

  Tudo isso é narrado conforme a cutscene introdutória do episódio e a de comemoração. Há outras cutscenes entre os atos 2 e 3, na qual o Metal Sonic utiliza-se de uma nova fonte de energia, que até altera os seus sprites, muito embora sem alterar as suas habilidades. Quanto às Chaos Emerald, o Metal Sonic não as utiliza, mesmo se você já tiver coletado todas no modo normal do jogo, com o Sonic.

  Ele consiste nas 4 fases de Sonic 4 Episódio I com um Ato cada jogadas com o Metal Sonic. O game denomina cada fase de “Ato”, de modo que é como se fosse uma única fase (Episódio Metal) com 4 Atos cada. Não há Special Stage nem chefe, são apenas as fases mesmo. Os 4 atos trazem os seguintes sub-títulos:

  Act 1 - Metal Sonic Returns!. É um ato-fase baseado na Mad Gear de Sonic 4 Episódio I. Estamos de volta à base de Eggman e Metal Sonic precisa ganhar tempo para achar o nosso ouriço. Todas as referências de Sonic 2 estão aqui: as porcas nos parafusos, os badniks estrelas que se explodem, os túneis, dentre outros. Fique atento aos vaporizadores. Alguns são soltos somente após o círculo identificador da pressão ficar vermelho.

  Act 2 - The Altar's Hidden Treasure. É um ato-fase baseado na Lost Labyrinth de Sonic 4 Episódio I. Uma linda fase repleta de minas, águas e referências à Labyrinth Zone de Sonic 1. Cuidado com as bolas gigantes antes de pular. Num dado momento da fase será necessário andar sobre as bolas. É simples, basta ficar apertando para trás e para frente até equilibrar o Metal Sonic em cima delas.

  Act 3 - Electric Road. É um ato-fase baseado na fase Casino Street de Sonic 4 Episódio I. Muita jogatina, coisas elétricas, luzes, repletas de referências à Casino Night de Sonic 2. Aproveite para tentar descolar rings fáceis nos caça-níqueis.

  Act 4 - In Pursuit of Sonic... É um ato-fase baseado na fase Splash Hill Zone. A ordem se inverteu, Metal Sonic termina sua jornada sobre as fases de Sonic 4 Episódio I na primeira fase (é como se ele fosse de trás para frente sobre as fases). A fase mais fácil, claramente baseada na Green Hill Zone. O que pode atrapalhar um pouco é o badnik camaleão, que aparece do nada e atira uma bola de energia e depois começa a voar como um foguete em sua direção.

 
Multiplayer

  Há dois modos Multiplayers no Sonic 4 Episode II: Local Co-OP Mode, pelo qual dois usuários no mesmo console jogam de dois, um com o Sonic no controle 1 e outro com o Tails no controle 2. No Online Co-Op, pode-se jogar on line. Mas, ao menos no caso do PS3, nunca há nenhum jogo disponível, de modo que só mesmo entre dois amigos para se combinar uma partida. Abre-se as seguintes opções: Quick Mach (ele localiza a primeira partida desimpedida); Find Game (localiza uma partida com as características sugeridas pelo jogador); e Create Game (cria uma partida).

 
Achievements/Troféus
 The Adventure Begins: termine o ato 1 da Sylvania Castle Zone.
 Rolling Combo!: ative o Rolling Combo com Sonic e Tails.
 Metal Sonic Falls: derrote o Metal Sonic no ato 1 da Sky Fortress Zone.
 A Golden Wave: derrote todos os chefes como Super Sonic.
 All Stages Cleared!: derrote o chefe final e assista o final do jogo.
 Tag Partner: faça o upload de um tempo ou pontuação no modo Multiplayer.
 I love Tails: jogue como Tails por 50 vezes.
 Ring Collector: vença o primeiro Special Stage pegando todos os anéis.
 Endurance Race: passe todas as fases sem retornar ao World Map.
 All Chaos Emeralds Found!: colete todas as 7 Esmeraldas do Caos.
 Proof of Speed: passe o ato 1 da Sylvania Castle Zone em menos de 1 minuto.
 All Red Star Rings Found!: derrote o chefe final após coletar todos os Red Star Rings.
 
Análise Geral

  Sonic the Hedgehog 4 Episódio II supera o Episódio I em cada um dos aspectos. Seja pela SEGA ter percebido que fazer um jogo do Sonic com pouco investimento não vale a pena ou eles viram que o Episódio I foi bom e por isso investiram mais na continuação, o Episódio II parece mais um jogo de Sonic.

  A física está muito melhor, mais semelhante a dos clássicos, bugs ainda são presentes, mas que jogo não os tem? Você ainda desafia a gravidade em alguns momentos, mas ao menos, você tem muito mais controle do seu personagem.   A trilha sonora é bem mais "ouvível" que a do Episódio I, com algumas músicas que agradam.

  Graficamente o jogo está muito mais polido e detalhado, os fundos estão muito mais trabalhados e a animação dos personagens teve melhorias significativas, porém o jogo ainda apresenta serrilhados, especialmente nos personagens.   Muitos ficaram decepcionados por não ser possível jogar com o Tails sozinho ou na liderança da dupla, mas pode-se controlá-lo como na era Genesis, usando o segundo controle, e no modo multiplayer também.

  O fato do jogo ser pequeno por ser um episódio ainda é um problema, especialmente por não haver uma continuidade instantânea do Episódio I para o II, como havia no Sonic 3 & Knuckles, onde você terminava a Launch Base, que era a última fase do Sonic 3, e era jogado imediatamente na Mushroom Hill, primeira fase do Sonic & Knuckles. No Sonic 4 você é obrigado a fechar o Episódio I para então começar o Episódio II. Isso junto da misteriosa necessidade de pegar todas as esmeraldas novamente criaram uma sensação de quebra no Sonic 4.

 
Curiosidades

Trecho de música da White Park Act 2: há um momento da música em que é possível ouvir de modo claro um trecho da música usada na fase Twinkle Park de Sonic Adventure, quando se joga na parte do castelo da fase.
 

 
Ficha Técnica:  
 Capa do Jogo  Dados
 Nome: Sonic 4 Episode II
 Plataformas: Playstation 3, XBox 360, Steam, Nvidia Tegra 3, iOS, Windows PC, Windows Phone e Android
 Gênero: Ação
 Distribuidora: SEGA
 Desenvolvedora: Sonic Team
 Idioma: Multi-Idiomas
 Data de Lançamento: 15/05/2012
 
 Avaliação  Prós/Contras
 Gráficos: 8 Prós: jogabilidade, músicas, sons, gráficos, desafios, engine, diversão, etc, o Episódio II supera o I em todos os aspectos.

Contras: a sensação de velocidade no jogo continua estranha, serrilhados nos gráficos, a não continuidade entre os episódios e o fato de não podermos jogar com o Tails na liderança.

 Som: 7
 Jogabilidade: 8
 Diversão: 7
 Nota Final: 7

Diga não ao plágio, cite a autoria!
Por: Skar
Postado em: 10/03/2013
Atualizado em: 13/12/2013