Power Sonic Fórum

Power Sonic Fórum

Você é da era do MSN, Irc e Fóruns? Quer fazer parte da resistência? Você que é da era do Facebook, quer conhecer um fórum de Sonic? Faça parte de nosso fórum desprovido de regras! Clique e veja.

Reviews/Guias

Reviews/Guias

Confira os reviews e resumos dos jogos do Sonic mais completos da web! Clique e veja.

Review do Sonic Mania Plus

Review do Sonic Mania Plus

Confira nossa análise do Sonic Mania Plus! Clique e veja.

Sonic Mania Adventures

Sonic Mania Adventures

Saiba mais sobre a animação Sonic Mania Adventures. Clique e veja.

Review do Team Sonic Racing

Review do Team Sonic Racing

Saiba tudo sobre o jogo! Clique e veja.

 

Ken Pontac deixa a entender que não escreverá mais para os jogos do Sonic

Durante uma entrevista ao podcast Pizza Party, Ken Pontac, um dos escritores dos jogos do Sonic desde o Sonic Colors, deixa a entender que ele não faz mais parte da equipe de produção dos jogos do Sonic.

Embora ele não tenha dito claramente que não faz mais parte, ele disse algo do tipo: “foi bom enquanto durou”.

Nada ainda foi anunciado oficialmente, mas como já havia sido descoberto antes, as páginas tanto do Ken Pontac quanto a do Warren Graff no Twitter não incluem mais que eles fazem parte da SEGA da América. Ambos teriam parado em 2019.

Para aqueles que não lembram, eles são os responsáveis pela era das piadonas do Sonic do nível do “Baldy McNosehair” e “Best Boss Beating Ever”.

Com a saída dos dois e do Roger como a voz do Sonic, será que estamos diante de grandes mudanças na série Sonic? Uma nova era parece estar se iniciando com os 30 anos do ouriço? Parece que é esperar para ver.

Fonte: Sonic Stadium

Roger Craig Smith anuncia que não fará mais a voz do Sonic

O ator que fez a voz do Sonic durante os últimos 10 anos, anunciou em seu Twitter que não fará mais a voz do ouriço azul:

https://twitter.com/RogerCraigSmith/status/1354805293369024520

 
Agora a dúvida que fica é: quem será o seu sucessor?

Reveladas duas localidades das gravações do Sonic o filme 2

A atriz Tika Sumpter, que fez o papel da Maddie no filme do Sonic, revelou em entrevista no talkshow Live with Kelly and Ryan, dois lugares onde o segundo filme do Sonic será gravado: Vancouver e Havai.

https://twitter.com/kitsuoi1/status/1354150797282484224?s=21
 

Ela também revelou que a parte dela nas gravações começará em Março. Vale lembrar que o primeiro filme do Sonic também foi gravado em Vancouver.

Sonic, o Filme impulsiona popularidade da série e ganha espaço no meio digital de diferentes formas

Sonic, o Filme impulsiona popularidade da série e ganha espaço no meio digital de diferentes formas

Por Lucas Pedron


Fonte da foto: Unsplash

Enquanto a Nintendo nunca deixou Super Mário perder espaço no universo dos games, a Sega teve dificuldades para resgatar a popularidade que o Sonic tinha nos anos 90. Porém, recentemente, o personagem parece cada vez mais presente e ganhando espaço de diferentes formas. O sucesso do filme, por exemplo, fez com que ele conseguisse um feito que nem mesmo o popular encanador alcançou.

A receita de Sonic – O Filme ultrapassou a marca dos US$ 300 milhões e bateu diversos recordes de bilheteria, principalmente na categoria de filmes baseados em jogos de videogames. Se compararmos com a produção Super Mario Bros. de 1993, que arrecadou cerca de US$ 20 milhões, a vantagem do ouriço azul contra o maior adversário é gigantesca. Ou seja, mesmo com menor popularidade no mundo dos games, o Sonic conseguiu um feito surpreendente nas telonas.

O efeito desse sucesso está fazendo com que o personagem resgate a popularidade que tinha nos anos 90. Como qualquer um que acompanha nosso site sabe, o Sonic sempre foi o principal rosto da Sega e foi responsável pelo sucesso de vários consoles da empresa japonesa, desde o Mega Drive até o Master System (e perdeu o impulso no Saturn e Dreamcast, que teve vida relativamente curta). Após passar alguns anos sem chamar atenção, ele parece ter voltado com tudo, principalmente após o sucesso do filme.

Mais espaço no digital

Uma prova desse retorno bem-sucedido do Sonic é a popularização dele com os fãs de videogame. Por exemplo, na plataforma do YouTube, existem alguns canais que são totalmente dedicados ao personagem, seja trazendo novidades da saga, ou até mesmo produzindo vídeos com curiosidades. Algo que parecia pouco provável de acontecer nos anos 2000. Não seria nenhuma surpresa também ver que o Sonic está ganhando espaço novamente nas festas de aniversários. O uso de temas clássicos para esses eventos voltou a ganhar força recentemente. Assim, o personagem ganharia espaço até como tema em um convite interativo virtual da Invideo, que é uma plataforma para criar convites de festas personalizados que possui modelos que se enquadram em qualquer tema e ambiente. Ou seja, a saga do Sonic daria uma excelente temática para esses convites digitais, além do próprio evento em si.

Além disso, como já falamos por aqui, o personagem também vai entrar no universo do streaming. O seriado da Netflix pode não contar com Tyson Hesse, um dos principais responsáveis pelo redesign do Sonic no filme, mas ainda é uma produção que vai gerar expectativa. Afinal, as pessoas não acreditavam muito na produção para o cinema, e o resultado foi um sucesso.

O seriado deve estrear apenas em 2022, e o tema dele ainda não foi divulgado para o público. Apesar de existirem várias vertentes possíveis, é difícil imaginar qual caminho a Netflix vai tentar seguir com a produção. De qualquer forma, o fato de Sonic entrar para essa plataforma digital já é motivo para comemorar.

Sucesso em outros games

Além de ganhar espaço no streaming, nas plataformas de vídeo e até nos convites para festas, o Sonic também é homenageado no universo gamer. Podemos lembrar, por exemplo, que o jogo Fall Guys criou uma skin com o personagem azul em outubro do ano passado. Foi uma forma do estúdio MediaTonic prestar homenagem ao histórico herói. É impossível não notar a importância dessa ação.

Sonic está voltando com todas as forças, e resgatando uma grande parte do sucesso que tinha nos anos 90. Apesar de fazer um caminho diferente do Mário, que até hoje tem muitos jogos elogiados pela crítica, o ouriço azul abre espaço em um mercado que o rival nunca conseguiu. É um jeito audacioso, e até agora bem-sucedido, para relembrar a disputa saudável entre a Nintendo e a Sega.

Sonic nunca teve o nome de Mr. Needlemouse durante a sua criação

Durante um dos eventos de celebração dos 60 anos da SEGA, um teste online foi disponibilizado publicamente para testar o conhecimento dos fãs. E quando ninguém menos que Yuji Naka, um dos principais responsáveis pela criação do Sonic, tentou responder a esse teste, ele teve dificuldades em saber sobre esse tal de “Mr. Needlemouse”.

Tal nome surgiu pela primeira vez durante a produção do Sonic 4 lá em 2010, quando a SEGA da América revelou que Mr. Needlemouse teria sido um dos primeiros nomes que o Sonic recebeu durante a sua criação, porém isso nunca aconteceu! Tudo não passou de um erro de tradução que perdura a mais de uma década!

https://twitter.com/SonicJPNews/status/1353289643693895680
 

O erro era que a tradução do nome foi feita de forma parcial:
ハリ = needle
ネズミ = mouse

Mas combinados eles formam:
ハリネズミ = hedgehog

Nenhum dos criadores do Sonic estavam familiarizados com esse nome de Needlemouse! Eles o conheciam como Mr. Hedgehog (Harinezumi).

Agradecimentos ao SonicJPNews pela tradução.

Tyson Hesse não estará envolvido com a série do Sonic na Netflix

Tyson Hesse, um dos principais responsáveis pelo redesign do Sonic no filme, confirmou no fórum da Sonic Retro que não está envolvido de nenhuma forma com a produção da série animada que o Sonic ganhará na Netflix em 2022.

Com o nome de usuário de Boxer Hockey, Tyson disse que está ciente do projeto, mas não tem nenhum tipo de poder de decisão sobre ele. E ainda completou dizendo que ele não escolheria o universo clássico para a animação e que a SEGA nunca irá retornar com força total a era clássica, e como a divisão clássico/moderno não está ajudando a série Sonic, ele acredita que o melhor seria mergulhar de vez no Sonic moderno e fazê-lo ser tão bom e aceitado quanto o universo clássico.

A série do Sonic na Netflix continua sem um anúncio oficial, mas está mais do que confirmada extraoficialmente.

Série do Sonic na Netflix não será baseada nas comics da IDW

Ian Flynn, um dos grandes responsáveis pelas histórias do Sonic nas comics da IDW, confirmou em podcast que a série do ouriço, que foi acidentalmente anunciada na Netflix e que ainda não foi confirmada oficialmente de novo, não será baseada nas comics.

Alívio para alguns, tristeza para outros, ainda se mantém um mistério em qual universo do Sonic tal série da Netflix será baseada. Fiquem ligados que mais informações devem vir em breve.

Fonte: Sonic Stadium

Sucesso do filme do Sonic faz Sony preparar séries e filmes de outros jogos do Playstation

Sucesso do filme do Sonic faz Sony preparar séries e filmes de outros jogos do Playstation

Por Lucas Pedron

Fonte: Unsplash

Fonte da foto: Unsplash

O ano de 2021 promete ser marcado por parcerias entre os videogames, as séries e os filmes. Isso porque após o sucesso do filme do Sonic, que arrecadou mais de US$ 300 milhões em bilheteria no ano passado, a Sony começou a planejar a produção de filmes e seriados inspirados em jogos de sucesso do Playstation. A ideia é lançar, pelo menos, 10 títulos novos nos próximos anos, com alguns estreando nos meses seguintes.

Nos últimos anos, o sucesso dos videogames fez com que outras indústrias abrissem portas para este universo. Além de produtos e desenhos, a temática ganhou espaço também na indústria dos filmes e dos seriados. O próprio filme do Sonic surgiu no meio dessa empolgação, e conseguiu ter sucesso nas bilheterias com um personagem clássico dos videogames, mesmo que ele seja mais antigo.

Lançado em fevereiro do ano passado, Sonic conseguiu arrecadar US$ 306 milhões em bilheteria e bateu alguns recordes do cinema. A aventura foi tão bem-sucedida que os produtores confirmaram, no final de 2020, a produção de Sonic 2. A sequência do filme deve ser filmada nos próximos meses, mas deve chegar nas telonas apenas em 2022, com uma expectativa de que seja outro sucesso.

Entretanto, o filme do Sonic não foi o primeiro a conseguir bons números de bilheteria. Ainda em 2010, a produção Prince of Persia: As Areias do Tempo estreou nos cinemas e conseguiu arrecadar mais de US$ 330 milhões em bilheteria. Até hoje, é o filme inspirado em um game que conseguiu maior sucesso nas telonas, mesmo que tenha sofrido algumas críticas quanto a qualidade da produção e também da história.

Os projetos

Seguindo a ideia feita com o Sonic, alguns personagens devem sair do Playstation para experimentar a vida nos cinemas. Pelo menos, esse é o plano da Sony para os próximos anos. A empresa confirmou que são, pelo menos, sete séries e três filmes baseados em jogos exclusivos do PlayStation que vão ganhar vida. O primeiro, que é Uncharted, deve estrear ainda neste ano, e conta com o ator Tom Holland no papel de Nathan Drake.

Os diretores da gigante japonesa confirmaram que existe um projeto chamado Sony One, que deve fazer uma integração maior nas várias divisões da empresa. Ou seja, os títulos voltados para os videogames devem contar com pessoas que trabalham na parte de cinema da produtora. Isso promete facilitar esse caminho dos jogos de videogames para as telonas, o que é positivo para todos.

A excelente bilheteria conseguida por Sonic nos cinemas foi uma prova do potencial dessa temática, e isso ajudou a fazer com que a Sony unisse ainda mais os diferentes universos da empresa. Isso pode ser uma boa notícia para os fãs do jogo God of War, que sempre foi colocado como uma potencial franquia de cinema, porém nunca virou realidade. Agora, as possibilidades aumentaram consideravelmente.

Temática em alta

Os videogames estão ganhando cada vez mais espaço no mercado do entretenimento, principalmente pela diversidade dos jogos e o alcance com diferentes públicos. No final do ano passado, a busca pelos consoles da nova geração foi enorme e faltou estoque nas maiores lojas do país. Entretanto, o sucesso não é apenas nessa categoria de jogos com gráficos modernos. As plataformas de cassino online também estão ficando mais populares, principalmente pelas interatividades que os melhores sites oferecem. Todos os jogos de cassino online, desde o pôquer até o blackjack, possuem uma versão virtual com temáticas e funcionalidades que superam até mesmo os cassinos físicos. Também é possível citar o sucesso dos jogos para smartphones, que estão ficando cada vez mais modernos e exigentes com os dispositivos, justamente por serem os aplicativos mais baixados nas lojas virtuais.

Essa é a força do mercado dos games, que não para de crescer ao redor do mundo. Os números mostram isso melhor do que qualquer coisa, principalmente em 2020. Segundo pesquisa da Superdata, em alguns meses deste ano o gasto das pessoas com videogames no mundo superou a marca dos R$ 56 bilhões. Um número que deixa para trás várias outras indústrias, inclusive a do cinema.

O Sonic é um dos maiores personagens dos videogames, e conseguiu levar toda essa tradição e sucesso também para os cinemas. A Sony está tentando aproveitar essa onda, e parece disposta a levar alguns sucessos do Playstation também para as telonas. Uma notícia boa para os fãs dos games, que podem consumir conteúdos inéditos de personagens e histórias que ficaram marcadas apenas nos controles.