Top 10 surpresas sobre o Sonic 3D Blast | Power Sonic

» Top 10 surpresas sobre o Sonic 3D Blast

Jon Burton, fundador da Traveller’s Tales, revelou mais alguns fatos sobre a produção do Sonic 3D Blast, algumas já conhecidas, outras nem tanto, confiram:

-A SEGA não fazia ideia da abertura em 3D que estava sendo feita para o jogo. Eles só ficaram sabendo quando faltavam 14 dias para o jogo ser finalizado. Felizmente a SEGA gostou;
-A versão da tela inicial do jogo onde o Sonic tinha uma cara um tanto quanto… diferente, era a versão original do modelo dele, mas como ela não parecia muito boa devido ao ângulo da câmera, mudaram para a versão que temos atualmente:


-Todas as renders 3D do jogo foram feitas em máquinas super caras, Indigo e Indigo 2, fora o software que custava um rim;
-O jogo foi inicialmente desenvolvido para ser um jogo de 2 jogadores, mas devido ao espaço limitado da tela, não sobrava tempo para reagir ao que vinha de fora da tela, logo a ideia foi descartada;
-A SEGA criou os Flickies com cores diferentes para agir todos da mesma forma, porém Jon achou que seria melhor que cada um tivesse um comportamento diferente, o que aumentaria o desafio nas fases mais avançadas do jogo. Até hoje ele se pergunta se isso foi uma boa ideia;
-A música das lutas contra o chefe era bem diferente da final e foi cortada logo no início do desenvolvimento. Ela foi reaproveitada anos depois no Sonic 4. Outra música que foi cortada do jogo por falta de espaço é a música que hoje conhecemos como a Twinkle Park do Sonic Adventure (a Pleasure Castle, não a parte da corrida com os carrinhos de bate-bate). Ela seria a música do Special Stage do Knuckles:

-Dar um tapa no cartucho do jogo fazia com que a tela de seleção de fases do jogo aparecesse. Ele explicou como isso acontecia em outro vídeo;
-A versão Saturn do Sonic 3D Blast usa o mesmo código da versão do Mega Drive. Os demais efeitos visuais foram adicionados em cima de tudo;
-A SEGA queria que o jogo fosse mais rápido, assim como os demais jogos da franquia Sonic, porém, devido as limitações do hardware, afinal o jogo era em 3D, não havia como fazer com que a tela se movesse mais rápido que na versão final. E talvez isso tenha sido uma boa coisa;
-O nome original não seria Sonic 3D Blast, mas sim, Sonic Spindrift. Jon não se lembra o motivo do nome ter mudado, mas acha que combinou mais:

Confira o vídeo completo:

Comentários do Facebook

Comentários do Facebook

Comentários ao post Top 10 surpresas sobre o Sonic 3D Blast

  1. Jonathan disse:

    Bom Trabalho Skar e Power Sonic!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!