» Várias novas informações do desenvolvimento do Sonic Boom: Rise of Lyric

Muitas novas informações a respeito de como foi o inferno de desenvolvimento do Sonic Boom Rise of Lyric surgiram mostrando novas e surpreendentes informações que mostram o quão ousado foram as ideias para o jogo, tudo isso, graças a um contato anônimo de alguém da Big Red Button. Confiram os detalhes:

  • O jogo começou a ser desenvolvido com o nome de “Projeto Apollo”. Por volta de Outubro de 2011 ele estava na fase de “Black Out”, com grande ênfase em gameplay multiplayer LAN e corrida;
  • Em termos de história, o jogo falaria sobre a origem do Sonic, onde ele e o Eggman eram melhores amigos, mas durante uma sequência de viagens no tempo, Eggman teria estragado algo do passado que resultou na quebra da amizade deles. Os anciões eram muito importantes nessa história, pois estavam relacionados com a origem do Sonic. Eggman foi cogitado para ser jogável, mas isso foi descartado. Tentaram chamar o jogo de Sonic Origins.

  • Um dos principais objetivos deles eram criar um ambiente que parecesse orgânico e natural para o Sonic, usando texturas estilo cartoon. Isso não foi rejeitado, mas o resultado ficou fraco por conta das baixas capacidades do Wii U;
  • O jogo seria 80% exploração e 20% velocidade. Eles estavam tentando fazer um Sonic no estilo de Jak & Dexter;
  • Devido a uma série de pedidos da SEGA Japan, eles trabalharam por 2 anos na build “Vertical Slice”, uma tech demo que demonstrava todas as mecânicas do jogo, para poder mostrar as ideias para a SEGA e poder trabalhar para eles. Essa demo é o que conhecemos como “Sonic Synergy”;
  • O jogo foi planejado para ser uma aventura cooperativa de 4 jogadores, feita para ser lançada na Steam e portada para PS Store/XBox Live se as vendas fossem boas;
  • O jogo começaria nesta sala, antes de uma cutscene ser mostrada:

  • Por volta de 2012, a SEGA mostrou a Vertical Slice para a Nintendo e incluiu o Sonic Synergy como parte da parceria de exclusividade. A SEGA pediu a Big Red Button um port para 3DS, até que Sanzaru Games veio e salvou o dia;
  • O port para Wii U veio no meio de 2013. Isso acarretou numa mudança total de foco no jogo. O cooperativo de 4 jogadores agora era impossível, então reduziram para 2 jogadores. Muitas mecânicas foram mudadas devido ao hardware do Wii U, fazendo-os recriar todas a fases para serem mais lineares, com vários botões interativos para quase tudo;
  • O show para a TV também ajudou a destruir a ideia original do jogo. Um designer deu a ideia do show para a SEGA. Inicialmente ele não teria relação com o jogo, mas 8 meses antes do lançamento do jogo, a SEGA deu controle total a equipe do show para mudar o jogo, fazendo grandes mudanças na história e transformando o Knuckles num idiota. Eles também pediram um universo mais rico com muitos personagens que não existiam na série, junto com cutscenes fillers e fases para completar a nova história. Nenhuma informação da história antiga foi revelada, exceto que os anciões seriam muito importantes;
  • A SEGA e a Sonic Team pediram por várias mudanças durante o desenvolvimento do jogo:
    • Em termos de gameplay, além de pedirem por mais velocidade e menos exploração, eles eliminaram a jogabilidade aquática. Inicialmente, Sonic e seus amigos eram capazes de nadar, mas devido as exigências, os personagens morrem ao tocar na água na versão final do jogo;
    • Em termos de design, muitas mudanças foram feitas para fazer os personagens se parecerem mais com o “Legacy Sonic”. Vários NPCs tiveram que ser refeitos radicalmente por violarem as regras de design da Sonic Team. Um deles foi o Cliff, que seria um inventor, mas apenas Tails e Eggman podem ser inventores;
    • Em termos de história, eles foram forçados a descartar a origem do Sonic, pois a SEGA proibiu isso, devido a eles pretenderem contar a origem do Sonic no futuro (pelo menos foi o que disseram a Big Red Button);
  • Muitos gimmicks foram removidos. Escalada de rapel, usar amigos como estilingue, ski aquático, correr rápido para boostar outros personagens com o Sonic, nadar e mergulhar por alguns segundos, etc, muitos removidos devido as limitações do Wii U. A fase Crater Lake, foi completamente mudada também, ela era focada em um ski aquático cooperativo de 4 jogadores. Eles tiveram que pegar partes de outras fases para completar a Crater Lake. O chefe Mecha Worm seria um chefe dessa fase;
  • Os Chao estariam no jogo, mas foram removidos devido a limitações de hardware e tempo;
  • O jogo teria um sistema de cofrinho, onde você guardaria anéis para usar mais tarde para comprar armas e fazer upgrades nos personagens, mas isso também foi removido devido a mudança de foco do jogo;
  • A versão Wii U foi planejada com vários gimmicks com o gamepad, coisas como mover plataformas com a touch screen e controlar um golem robô, mas foram removidas devido a falta de tempo;
  • Uma fase com o biplano do Tails foi removida por ser muito chata. Você basicamente usaria o avião para seguir o Lyric até a última fase do jogo. As falas dessa fase foram dubladas em alguns idiomas. Confiram a versão espanhol delas:

 

  • O nome Synergy foi modificado devido ao fato da SEGA querer fazer uma nova marca, logo não faria sentido;

Mais dois vídeos foram revelados, o primeiro de Novembro de 2012 e o segundo de Agosto de 2013:

 

Por fim, Motobadnik, um dos responsáveis pelas novas informações, revelou um PDF completo de um guia de design de Fevereiro de 2014, incluindo várias concept arts, evolução de design e conteúdo removido do jogo. Você pode baixá-lo aqui.

E isso é tudo por agora. Fiquem com algumas imagens do artigo original:

Fonte: TSSZ News

Comentários do Facebook

Comentários do Facebook

4 Comentários ao post Várias novas informações do desenvolvimento do Sonic Boom: Rise of Lyric

  1. Kronck TE disse:

    Que droga, aparentava ser um ótimo jogo seguindo o conceito inicial, com uma história bem mais séria e elementos que mesmo fugindo do mundo Sonic, deixariam o jogo melhor. Mas foi tudo muito mal planejado, os responsáveis pelo show de última hora aparecerem para mudar todo o conceito, as limitações do Wii U, as leis da Sonic Team que proibiram a expansão da história e conteúdo… Até me sinto mal pela empresa.

  2. fsjal disse:

    o jogo era merda mesmo no conceito inicial

  3. Rafael_Chaos disse:

    A SEGA superjulgou a capacidade de desenvolvimento da Big Red Button e o hardware do Wii U, o que levou a perder dinheiro e muita credibilidade. Até os fãs mais fanáticos sentiram o golpe :<

  4. HKº disse:

    Não tira o fato do jogo ser um erro conceitualmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *