Segundona. Sonic Boom: Um erro de projeto ou apenas erro de game?

E estamos de volta com a nossa coluna semanal. Na última, se você ainda não viu, falamos sobre os jogos do Sonic para celular, especialmente os mais antigões. Hoje tocamos num dos pontos mais sensíveis e que tem provocado acirradas discussões: Sonic Boom.

Sonic Boom: Um erro de projeto ou um erro apenas de game?
Por: HKº

10877718_403056059870812_1056158061_n

Quando a imagem da silhueta dos personagens de Sonic Boom foi divulgada pela Internet, especulou-se muito sobre a possibilidade visual dos personagens. Posteriormente, com a divulgação real do design dos personagens, houve uma espécie de “frisson” na comunidade, sendo que o Knuckles chegou a ocupar o disputadíssimo ranking mundial dos Trending Topics do Twitter.

Era anunciado Sonic Boom… primeiramente Sonic Boom foi uma forte aposta da Sega para reerguer o ouriço, na tão esperada e famigerada volta por cima do Sonic que os fãs aguardam desde 2006 ou para alguns até mesmo desde antes.

Uma preocupação já parecia transparecer: o novo visual dos personagens definitivamente não agradou a todos. Especialmente o visual exagerado de Knuckles e o visual de Sonic. O de Tails e Amy até não foram tão criticados quanto à dupla do lendário Sonic & Knuckles (especialmente o Knuckles).

Com as imagens e trailers do game, Sonic Boom foi se mostrando um tanto questionável. Ao mesmo tempo o desenho parecia estar um pouco mais a par da bomba que o game parecia indicar. Quando do lançamento, não deu outra: Sonic Boom, o game, definitivamente não nasceu bem.

O que muitos se questionam e degladiam é: Sonic Boom foi mal por causa do game ou o próprio projeto estava equivocado desde o princípio? Esta foi talvez uma das maiores discussões na cada vez mais fragilizada comunidade Sonic brasileira (e provavelmente internacional).

Desde o princípio, em conversas privadas, explicitei meu posicionamento de que Sonic Boom foi um erro de projeto, ao propor uma distorção radical dos personagens. Knuckles foi transformado num ogro acéfalo de academia; [a tentativa de] humor no game foi exagerada… mesmo sendo um spin-off, Sonic Boom abriria um perigoso precedente de distorção da saga.

O fato é que o desenho e os brinquedos ajudaram a neutralizar o erro do projeto. O desenho parece estar agradando nos EUA, bem diferente de seu “irmão” game. Mas o erro aconteceu. Tudo bem que houve um problema no estúdio que fez o game, mas nada tira o fato de que Sonic Boom já foi um erro desde sua concepção. Mas o assunto é dos mais complexos e dá todo tipo de briga entre os fãs. Briga a ponto de causar mais uma espécie de divisão na sempre dividida comunidade Sonic.

E chegou a hora da interação. Comente e junte-se a este debate: Sonic Boom foi um erro de projeto ou estou viajando por ser fã do Knuckles e não aceitar o novo visual (XDDD)? O erro foi só do game? Se for só do game, uma sequência salvaria o projeto? Qual o melhor a se fazer? Esquecer o projeto e voltar a focar num novo game do Sonic, pensando nos seus 25 anos? Afinal, o que podemos concluir após Sonic Boom?

Comentários do Facebook

Comentários do Facebook

12 Responses to Segundona. Sonic Boom: Um erro de projeto ou apenas erro de game?

  1. R_Chaos disse:

    O design e personalidade dos personagens pode estar longe do que eles eram na saga Adventure, mas estão bem próximos do que eles se tornaram hoje, veja o Lost World, por culpa do Sonic o mundo quase é destruído e o Tails morto. Parece que estamos vivendo um novo Sonic 06, porém, ao invés da SEGA tentar deixar o Sonic super +18, ela está tentando enquadrar ele em um 4Kids. O ideal seria encontrar o equilíbrio, dado que existem fans nas duas bases e extremos dificilmente agradam a todos.
    Sonic Boom poderia ter ficado apenas no cartoon e posteriormente ter ganhado seu próprio jogo baseado nele.
    Tive a oportunidade de jogar apenas a versão de 3DS e acredito que a mesma deveria sim ganhar uma sequência, pois fica claro que o potencial do jogo foi pouco explorado.

  2. Biruta th disse:

    Pra mim a idei de trazer os personagens a um publico mais jovem foi valida, porem o exagero de personalidade foi muito extremo pra mim. quero dizer, sonic sempre foi um pouco arrogante (estou dizendo pouco beeeemmmm pouco), ele tinha aquele negocio de ficar dizendo que ninguém podia contra ele pq ele é rapido(se bem que tem razão). mas eu percebo que ele mesmo se acha mais do que antes nesse game. exageraram na personalidade dele. knuckles(pô tio HK° se tem que concordar comigo XD)sempre foi meu burrinho mas não em questão de ser idiota e sim no quesito de ser meio inocente de acreditar em certos personagens (sonic 3 & knuckles e sonic adventure). mas agora ele ta burrão de academia que só sabe malhar. pra mim o problema foi o exagero e pouco investimento no potencial do jogo. acredito que a sega deve deixar o Sonic boom só nos desenhos e Hqs como franquia separada e se focar na saga principal (afinal sonic ja tem bastante spin-off)

  3. MrPowerGamerBR disse:

    Nunca vi o desenho e nem nunca joguei o game do Sonic Boom, mas sempre achei que o novo “visual” do Knuckles ficou muito estranho para um personagem da série Sonic (Afinal, ele pode ser forte, mas não precisava de todo aquele visual, né? :P)

  4. Gersinhopix disse:

    O Silver apareceu no Jornal do Sbt hoje no jogo Sonic Dash!!!

  5. NiGHTSR3 disse:

    Eu antes fui totalmente contra, depois eu tentei ver uns pontos positivos no spin-off, e então decidi encarar Sonic Boom da maneira mais madura a possível.
    Sonic Boom começou como um projeto muito equivocado pelo que Takashi Iizuka havia comentado sobre a equipe querer Sonic usando calças, e ele teve que discutir com o grupo sobre a idiotice.
    Sonic Boom é uma tentativa boa pro mercado como um desenho animado. Não como game. Não apenas pelo fato do jogo conter problemas, mas sim para não causar confusão entre o público que está acostumado com a forma comum de design do Sonic Moderno.

  6. Bionic Hedgehog disse:

    Eu não acho que o Knuckles ficou ruim, o Tails agora se parece mais como adulto agora, a Amy também.

    Mas o que eu não gostei foi o Sonic…

  7. Marcelo Malman disse:

    Já vi o Desenho e até gostei não joguei o jogo, mas pelo o que dizem por aí ele não ficou tão bom.O Visual dos personagens ficaram um pouco estranho
    mas vale lembrar que a SEGA vem passando por motivos difíceis com o fracasso do Sonic Lost World e Sonic Boom é meio difícil saber qual será o destino da série.Talvez se a SEGA Tivesse feito o jogo ela mesma e deixasse o Visual normal não sei se ajudaria a melhorar o Sonic Boom.

    Acho que foi só o jogo que não ficou bom porque o resto acho até que ficou bom

  8. Bilico disse:

    Com a paralisação do Nintendo no Brasil (#VoltaNintendo), acho que perderei a oportunidade de jogar Sonic Colors, Sonic Lost World, Super Smash Bros e o polêmico Sonic Boom. As duas primeiras poderiam ser relançadas para consoles de última geração. Mas prefiro que mantenha apenas a série animada na TV que eu gostaria de vê-la.

  9. Dan Wolf disse:

    Já assisti a a animação de Sonic Boom, e ela é… aceitável, admito que até ri em certos momentos, mas o jogo é outros 500…

    Olha, eu sei que posso estar exagerando, mas pra mim, a SEGA ter aprovado o projeto de Sonic Boom foi o mesmo que a Nintendo ter aprovado aquela coisa que foi o filme do Super Mario Bros.

  10. Super Emeralds disse:

    O Projeto tá muito errado. Se ignorar os visuais e as piadas sem graça, O Desenho Animado até passa de leve porque todos os desenhos de Sonic (Exceto o X) são aleatórios e com personagens próprios.
    Os visuais estão muito ruins. Robotnik apesar de estar com um uniforme até interessante Não Está Gordo! (Porque?) Todos estão amarrados com mil ataduras. Sonic tá estranho no geral (E Erraram a cor dos braços kkk) e Knuckles nem se fala. Aí vem outra parte.
    Todos estão muito “bobinhos felizes”. Sonic é pra ser sério e sombrio? Não é isso. AOSTH e SATAM tinham a proposta pra ser infantil e eram bons. Os jogos do Mega, do Dreamcast, GC, PS2, acredito que todos eram jogados por crianças também, não??Acho que o que acontece no Sonic Boom é o pico do processo que o Sonic tomou a partir do Colors. Ver piadas bobas de tails com o tradutor e os 2 robôs ajudantes de robotnik, Sonic clássico mudo e bobinho (Eu sempre joguei com ele achando-o badass. Os clássicos tinham cutscenes. Os fortes vão entender do que to falando) e obviamente, ver Knuckles – o inimigo no 3, o rival – chegar a levar UM GOLPE DA AMY e voar numa árvore na festinha de aniversário do Sonic… Que por sinal contava até com Shadow e Rouge. Todos são amigos felizes agora? E a história do universo? E o que é cada personagem?

    Nâo é que sou contra mudanças. O Adventure foi legal, mostrou mais da historia dos guardiões da esmeralda mestre, nos deu a visão de um robô de robotnik, mudou o visual do povo e ficou tão bom que marcou como Morderno ATÉ HOJE, o adventure 2 introduziu personagens novos, poderes novos (Chaos Control e Chaos Spear) e puxou uma trama grande (q se desenvolveu por mais outros jogos e ao meu ver nem existe mais) e por aí vai. O 2006 não foi bom, mas também não foi sem pé nem cabeça. Ainda mecheu com Omega confessando a Shadow que foi ele quem o prenderá, exploraram o Chaos Control… Mas tiveram 2006 elisporcarias no jogo. Enfim.

    Por fim é uma infelicidade ter acompanhado o GUARDIÃO DA ESMERALDA MESTRE desde o mega drive virar o maior bobalhão do mundo. (Se bem que a Historia em si do universo nem é mais contada.) Espero que ainda lembrem de quem os personagens são e que Sonic possui uma história, não precisa ser tudo do zero a cada jogo novo.

  11. João Vitor disse:

    Eu acho que este é o momento perfeito para a SEGA contratar os fãs, fazer com que personagens como o Mighty The Armadillo e (Talvez) um Sonic Adventure 3 Multiplataforma para alavancar as vendas

  12. João Vitor disse:

    Eu acho que este é o momento perfeito para a SEGA contratar os fãs, fazer com que personagens como o Mighty The Armadillo retornem e (Talvez) um Sonic Adventure 3 Multiplataforma para alavancar as vendas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *