Segundona: Onde está o público do Sonic?

Após uma pequena pausa, voltamos com nossa coluna semanal. Se você não viu nossa última, veja aqui, onde discutimos sobre o Realismo x Cartunismo. Na coluna de hoje trataremos de algo ligado à última declaração do Takashi Iizuka, sobre o Sonic para consoles:

Onde está o público do Sonic?
Por: HKº

1w

Há alguns anos houve uma declaração por parte de representantes da Sega no sentido de que o público do Sonic estava na Nintendo. E é com base nesta premissa que foi realizada a parceria de exclusividade dos jogos do ouriço para consoles da Nintendo. Dessa leva saiu Sonic Lost World e Sonic Boom. Passado tudo isso a indagação que fica é: e estava certo isso? Realmente o público do Sonic está na Nintendo?

Há algumas semanas saiu a notícia da crise da Sega of America e de uma reestruturação e novas estratégias. Dentre elas, consta em comunicado oficial da Sega, o investimento de jogos do Sonic para Mobiles, como é o caso de Sonic Runner. Contudo, Takashi Iizuka declarou recentemente que não há planos de parar os jogos do Sonic para consoles.

Mobile, PC, consoles em geral ou exclusividade da Nintendo: onde está o público do Sonic? Os fatos parecem ter demonstrado que a parceria com a Nintendo foi um equívoco. Distorceram a série para tentar agradar o estilo nintendista e aparentemente isso não trouxe nada de positivo para a série. A introdução do Sonic para o PS3 e Xbox 360 foi um tanto apagada devido ao fato de que o jogo inaugural foi o Sonic 2006, mas os tempos são outros, outros jogos vieram e mostraram que o Sonic se dá bem em multiplataforma.

A Sega parece ter uma certa resistência em lançar jogos do Sonic para PC. Basta pensar que dos jogos pós SA, durante muito tempo tivemos Sonic Adventure DX, Sonic Heroes e Sonic Riders para PC. Dentre as razões estaria talvez a pirataria (e nisso todos nos lembramos da carinhosa declaração de Ken Balough), o que perdeu um pouco de sentido com os jogos Steam (inclusive tendo saído mais jogos após isso). Mas sempre que um game do Sonic é anunciado para PC, há um certo hype na comunidade, pois é a plataforma mais acessível para a maioria dos fãs.

A menos que haja uma séria restrição orçamentária, não vejo sentido em dar uma pausa temporária nos consoles, para se investir em Mobiles. Ninguém duvida da capacidade de rentabilidade de jogos para celulares e tablets, mas os 25 anos da franquia – a serem celebrados em 2016 – permite algo maior. Talvez até que a empresa realmente redefina todas as suas estratégias e se preparo com tudo para 2016, neste caso uma pausa para consoles e PC pode ser aceitável em 2015. Outro dia falávamos sobre a “pausa” da série. Quem sabe uma pausa dá uma reduzida no desgaste da imagem e tempo de preparar algo mais decente.

É pouco provável que uma nova estratégia de exclusividade com a Nintendo venha a acontecer e se isso ocorrer, seria realmente desastroso para a série. Novas distorções para agradar ao estilo nintendista só faria o barco afundar de vez. Em síntese, penso que uma pausa em 2015 (ressalvado mobiles) se for para lançar algo decente para multiplataformas e PC em 2016 (e aí pode entrar a Nintendo, mas não uma exclusividade, ou quem sabe títulos exclusivos, como foi o caso de Black Knight, Colors e Secret Rings, mas não exclusividade da franquia Sonic) pode ser a solução ideal. Os próximos meses são essenciais para que haja um planejamento para que os 25 anos do Sonic não sejam para apagar a vela de uma série decadente.

E você: onde você acha que está o público do Sonic? Você concorda com as últimas estratégias da Sega? Acha que foi um equívoco a parceria com a Nintendo? Os comentários estão abertos.

 

Comentários do Facebook

Comentários do Facebook

7 Responses to Segundona: Onde está o público do Sonic?

  1. Rodrigo disse:

    Este é um assunto complicado. Parceria em si não é ruim, se for algo limitado. Concordo que é bom ter jogos exclusivos, mas não de a franquia ser exclusiva. Têm que voltar como era feito antigamente, multiplataforma e certamente PC 😀

  2. Marcelo Malaman disse:

    Como o HK° Disse o PC é um dos consoles mais acessíveis ao público eu gostaria muito que a SEGA voltasse a fazer como com o SADX Sonic Heroes o problema é que muitos tem PCs velhos e não roda a maioria dos jogos mas eu consegui jogar numa boa o Sonic CD da Steam no PC o único problema é que as cutscenes (abertura e encerramento) rodam bem Lagadinhas mas o resto tá de boa por isso gostaria muito que a SEGA ou o Stealth portassem o Sonic 1,2,Spinball (talvez o S3&K futuramente)porém existe o The Pirate bay e os Torrents que fazem o jogo não vender tanto.

  3. Victor disse:

    Não adianta o jogo ser multiplataforma e ser ruim. Antes de tudo precisa ser bom, não ser feito as préssas e entregar tudo aquilo que promete. Sobre a Nintendo, não foi ela que fez isso com o sonic, foi a própria sega e o sonic team a 15 anos, distorcendo a personalidade e direção artística do personagem. A franquia vendeu bem nos consoles da nintendo, só agora com jogos como sonic lost world e sonic boom que a coisa desandou, mas se estes jogos fossem multiplataforma iria ficar abaixo em vendas e qualidade mesmo assim, a diferença é que iria sair mais bugado e a vergonha seria maior pelo fato de um jogo que aparenta ser de 7 anos atrás ter saído para um PS4/XOne. Iria vender um pouquinho mais, e isso iria ser ruim pois daria margem aos desenvolvedores não se esforçarem tanto em um novo jogo.

  4. Flame Haze disse:

    O problema do PC não é só a pirataria, mas os MODs, que mesmo sendo muito divertidos para nós usuarios, eles praticamente impedem que um segundo jogo seja lançado caso de certo.

    Nunca teremos um Sonic no estilo do SOnic Generations e Sonic Unleashed por exemplo, porque os mods ja fizeram o desfavor de criar tudo quanto é fase possível, então não existe mais novidade nesse tipo de jogabilidade. Eles terão que criar outra coisa.. O culpado? Portar Generations pra PC, permitindo mods adoidado.

  5. Flame Haze disse:

    https://www.youtube.com/watch?v=Yg2Lx19AAcs

    Você quer um Sonic Generations 2? No PC vc pode ter.

    Infelizmente é isso.

  6. Mother Mazza disse:

    Num ponto de vista pessoal – e financeiro também – o publico de Sonic está em todas as plataformas, e gostaria de ver o ouriço também no PC, ONE e PS4, mas seu sucesso em videogames Nintendo passados é inegável. Porém, os jogos atualmente disponíveis no 3DS e Wii U (já aqui, no meu caso, falo de Sonic Boom mais Mario & Sonic, pois gostei bastante de Lost World) não são animadores o suficiente para gerar milhares de cópias vendidas. Git Gud, Sega.

    “É pouco provável que uma nova estratégia de exclusividade com a Nintendo venha a acontecer e se isso ocorrer, seria realmente desastroso para a série. Novas distorções para agradar ao estilo nintendista só faria o barco afundar de vez.”

    Tenho curiosidade em saber o por que das pessoas insistirem nesse argumento de que a Nintendo alguma influência direta nos jogos do Sonic, sendo que essa metamorfose instável na série, como o Victor citou, é coisa da própria Sega.

    A empresa vem inventando novas fórmulas para o ouriço desde quase sempre e tem a mania de não saber se fixar às que dão realmente certo com o público em geral. Dentro ou fora do Wii U / 3DS, a Sonic Team ou a Big Red Button acabariam fazendo besteira de qualquer forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =